Bobeira nível:

Sindrome de Down: Será mesmo que ELES são os inferiores?

Dia chuvoso em SP. Como sempre estoua bordo de um ônibus lotado cheio de pessoas falando groselhas. Geralmente consigo evitar esse tipo de coisa mas hoje não deu. Meu fone estava sem bateria e eu AINDA não cheguei ao nível  de ouvir musica alta dentro do coletivo. Como a maioria de vocês acho esse um ato passível de morte por guilhotina.

Pessoas falavam de futebol, da chuva em si, do décimo terceiro e por ai vai… Mas teve uma conversa que não pude evitar de prestar atenção devido ao tom de voz da pessoa e de sua história:

– Ah, eu to grávida de novo minha filha não sei o que faze (sic), não sei se tiro… não sei.

– Nossa minina mas porquê?

– Ah, eu já tenho os tres fora a menina lá…

– Menina?

– É, a uns treze anos eu fiquei grávida do Clersson quando eu voltei pro (nome do estado ocultado para evitar acusações de racismo e/ou xenofobia) e o dotor disse lá que a menina era “especial”. Eu não entendi o que ele quis dizê (sic) com isso mas ai ele explicou que era a “down” lá, que ela tinha a sindrome e que era culpa da incompatibilidivel (sic) do meu sangue e do Clersson. Eu num sabia nem que ele era casado com eu ia sabê o sangue dele né? Só médico mesmo pra pergunta isso.

– Nossa Maria (nome trocado)  mas e ai?

– Ah, eu dei ela. Não fiquei cum “aquilo” não… Imagine, eu não ia podê mais saí, namorá, trabalhá… O dotor disse que ela ia tomá muito meu tempo e outra, o Clersson quando ficou sabendo não quis nem resistrá (sic) e é ruim eu t? que criá sozinha.

– Mas e os outros meninos, são dele?

– Ele é pai de um, os outros dois nem Deus sabe minha filha hahahaha.

– Mas e a menina especial? O que aconteceu com ela?

– Eu dei ela pro hospital e me falaram que ela ta lá pra (nome da cidade ocultada). Eu nunca mais vi e nem quero também. Vai que ela quer morá comigo. Sai. Não quero ter trabalho não.

Graças a Deus eu havia chegado no meu ponto de descida. Fiquei estarrecido com a história de como uma pessoa tida como “civilizada” e em pleno século XXI pode ter um pensamento desses? Como alguém pode falar de uma criança com sindrome de down se referindo como “aquilo”?? Será mesmo que essas pessoas com esse distúrbio e que levam uma vida praticamente normal (claro, com algumas limitações) são mesmo inferiores?

Na minha opinião que não importa a ninguém acho que, enquanto pessoas abrirem as pernas pra todo mundo e agirem como se crianças fossem “problemas”, nunca seremos um povo civilizado. E não me refiro ao brasileiro mas sim a raça Humana.

Pessoas como essas realmente me fazem entender o sentimento misantropo.

Espalhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp
Picture of Thiago Caetano

Thiago Caetano

Thiago Caetano é um autor convidado e este texto não representa a opinião do Bobolhando. Somos um site aberto às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob uma licença Creative Commons e você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e ao nosso humilde blog.

28 respostas

  1. Nossa, que mulher escrota, sinceramente! Fazer isso com uma criança, tudo bem que ela tem Down, mas isso não a faz diferente de ninguém, ela terá uma vida normal, mas só com algumas limitações, poderá trabalhar, e até se casar. Ela tem um coração assim como todos, arrrhg, odeio pessoas igual à essa mulher.

  2. Bom não se pode esperar muito pois tem muita gente que não tem estudo, não irei entrar nesta questão (só comentarei o último trecho),mas se um dia esta menina ficar rica, tenho 100% de certeza que esta digamos “mãe” vai tentar procurar a filha e vai ficar lamentando,chorando e blablabla.A raça humana é escrota mesmo.

  3. É facil opinar sobre uma vida, sem a história. A fome na Africa é ruim, coitados, mas ninguem dá nada pra ajudar, somente repassa emails sobre isso, achando que vão servir pra algo. A corrupção no Brasil é um problema, mas tudo que fazem é repassar emails sobre isso, ninguem toma atitude. Um criança com Sindrome de Down é abandonada no hospital, pq a mãe não quer cuidar.. um post foi criado sobre isso. E ae ? O que isso mudou ? Se você acha que eles não são inferiores, vai em algum hospital e se voluntarie pra cuidar deles por um tempo, adote um, faça alguma coisa, agora criar um post pra falar da vida alheia, pra mim isso não agrega nada.

  4. Rapaz…Quanta “INGUINORÂNCIA”…Só escrevendo assim mesmo pra poder chegar perto do quanto acho essa mulher e outras milhares de pessoas Ignorantes….A burrice é Perdoável,mas a Ignorância desse tipo é passível de pena de morte….Francamente…

    \\\\Ainda bem que DEUS sempre sabe o que faz…

  5. Pois é..a melhor coisa que ela podia ter feito pela filha foi a ter doado para alguém que realmente a trate com respeito. Imagina essa sujeita, pobre, com filho que não sabe nem de quem é, mais uma guria com Down. Imaginem como essa guria ia ser tratada. Espero mesmo que ela esteja muito melhor do que essa cadela. Bichos não fazem isso com a cria. Humanos fazem.

  6. Bom dia, Não existe isto de serem inferiores, convivo com um Dow e vcs. não tem ideia de como ele é inteligente, alegre,o que falta é um pouco de humildade e carinho para certas pessoas, para saberem conviver com as difenças por isto nosso mundinho dito normal esta cada vez pior.
    Abraços

  7. CLAP,CLAP,CLAP…..Parabéns pelo post. Conheco um garoto que tem Down e ele fala fluente,inglês,Alemão ,português e um pouco de espanhol…MUUIITOO inteligente,fico impressionado de como ele aprende fácil as coisas e como se vira sozinho.
    Conheço também uma família que trabalha numa fazenda que a filha tem down também e essa menina é tão importante pra eles quanto os outros filhos e muito esperta também.

    Abraço

  8. Só quem convive com crianças especiais sabe como elas são… São melhores do que qq um q se diz ‘normal” por aí.

    Essa mulher merece ser abandonada, pra ela ver se é bom.

  9. Essa mulher é muito idiota.Ela acha que a criança ia trazer problemas?
    Essa mulherzinha de merda.Porque ela não usou uma camisinha.
    Que ódio dessa vagabunda de merda.
    Espero que ela não tenha uma vida nada feliz e que ela sofra por conta dos seu atos nada humanos.

  10. eu concordo com a Elisa.
    Imagina um “monstro” desses criando a garota???

    pS: eu ACHO que a maioria das pessoas que lerem isso vão falar:
    “Nossa que monstro essa mulher, discrimando a coitada!”

    mas não param pra pensar que eles também discriminam pessoas com algum tipo de sindrome, ou homosseuxuais, negros, brancos (sim, algumas pessoas tem racismo tbm contra brancos) pobres, ricos e por ai vai…

    Se quer mudar alguma coisa, mude você primeiro!

  11. Mulher FILHA DA PUTA! Se eu estivesse escutando dava uma baita surra nessa vaca, mas ainda bem que pelo menos essa criança já tem o lugar dela reservado no céu por ser inocente, mas já a querida mãe dela não posso (e nem quero dizer) o mesmo! :/

  12. aparti da hora q vi ela falando q tava gravida ia tirar ja vi que é uma merda desprezivel um diabo tadinha das filhas dela olha eu axo que falta nela é amor e inteligencia o suficiente pra saber que quando ama um filho nao presisa de dificuldade alguma para nao cuidar

  13. É triste ver que isso ainda acontece. E não só pessoas pobres falam isso, pelo menos elas têm a desculpa da ignorância… Outro dia, fui no supermercado perto de ksa e o menino que trabalha lá tem down, uma juíza conhecida queria estacionar mas ele estava recolhendo os carrinhos, ela com toda educação e maldade falou: Sai daí aberração! E mais outro exemplo, nasceu a neta de um médico tbm com a síndrome, o filhinho do papai deu piti, vazou e deixou a mãe com a criança, pq simplesmente ele não tinha “condições psicológicas” para aguentar os problemas. Não defendo a mulher, ela foi má e covarde, mas isso acontece em todas classes sociais. E concordo com Elisa, ter dado à adoção foi a melhor coisa que ela poderia ter feito pela criança, embora não tenha sido essa a intenção.
    Ótimo post, parabéns!

  14. Pq q essa criatura não faz LAQUEADURA??? Não quer mais filhos, mas inda é sexualmente ativa e sem prevenção?? aahhhhh vsf.

    Deveriam colocar anticoncepcional na agua da cidade!

  15. Esse post foi incrivelmente marcante e foi como um presente pra mim. Segunda dia 13 fiz 21 anos e estudo pedagogia pra depois em especializar em Educação Infantil para crianças com deficiencia. E acreditem, existem muito mais pessoas assim do que se vê. Vejo até nas escolas onde trabalho, que mães por ai deixam seus filhos sem carinho, amor e atenção porque acham que não podem cuidar ‘daquelas coisas’. MEU DEUS, são crianças, e são espetaculares! Entendam isso!

  16. Fiquei com um nó na garganta ao ler esse post… Espero que a criança que ela abandonou encontre pais melhores, já esse casal corre o risco de serem abandonados por seus filhos tbm, levando em consideração o caráter dos pais, dá pra imaginar que tipo de filhos eles vão criar.
    Essa mãe nem imagina a dádiva que ela perdeu, toda criança é uma benção, mas as crianças especiais sempre nos ensinam e dão mais do que recebem.

  17. gente que horror, né!! =/
    dá tristeza ver esse tipo de coisa acontecer! tratar a criança como inferior e talz =/
    tenho uma amiga que tem uma irmãzinha que tem down, e a menina é a criança mais carinhosa que já conheci!! é uma fofuuuura *-*

  18. Site de merda.. é só alguem mandar um comentário contrário ao post inutil que o moderador apaga. Sei que vai apagar esse tbm, ma sei que vai ler primeiro, Cresça um pouco antes de postar essas idiotices que não agregam nada. Ao visto quem tem sindrome de down eh bem superior, ao menos ao moderador desse site de merda.

  19. vei como que essa vadia pode falar uma coisa dessas, ainda bem que ela deu a garotinha, imagina o quanto essa menina iria sofrer sendo criada com essa mulher.

  20. é muito facil abrir as pernas por ai né? agora quando engravida já quer tirar porque acha que vai ter problema, ou quando nasce e a criança não é perfeita, quer dar pra não ter problema. não é mais facil fechar as pernas? aff, esse povo parece que não pensa! na verdade não parece, não pensam. e não tem a minima vergonha de fazer essas coisas, muita cara de pau. sorte da criança não ter morado com essa louca ai, ela iria sofrer mt mais. eu tenho um “tio” (tio de um primo) que tem sindrome de Down, ele é um amor, é a alegria da familia dele. ele não é diferente de ninguém só porque tem essa sindrome, ele só precisa de um pouco mais de atenção, de cuidados, não quer dizer que ele seja inferior. com certeza ele é muito mais inteligente do que muitas pessoas, e com certeza muito mais inteligente do que essa inutil ai. é realmente deprimente ver isso acontecendo no mundo. gente desse tipinho não merecem o minimo de respeito.

  21. Nossa, realmente é incrível q uma pessoa dessa fale coisas assim em pleno sec XXI. Pessoas como essa q tem filhos como coelhos deveriam ser esterilizadas, ainda mais quando nem sabem quem é o pai, como essa VACA ae.

  22. eu teria dito com certeza pra ela, que fez muito bem em doar a menina… não por ter down ou por ser criança (crianças são lindas mas crescem)… mas sim por ter como mãe uma pessoa dessa!

  23. cuido de um criança especial,e cada dia q passa aprendo muito com ela.
    é encrivel como são carinhosos e com certeza sao anjos mandados por Deus.
    Amo cuidar dele! e n consigo ver sindrome nele pra mim ele é como outras crianças chora,sente dor,fica doente,corre,e tudo mais!
    GENTEEE QUEM TEM PROBLEMAS É ESSA MULHER!
    E não suporto esses tipo de pessoas!
    fico p* quando percebo preconceito em alguem!
    AFFs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Youtube dos primórdios:

Bobolhando no Youtube

Clique no botão e inscreva-se no nosso canal!
Ative o sininho! Não faça serviço pelas metades!

Bobeiras mais lidas:

Publicidade:

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.