Gel promete orgasmos de 15 minutos às mulheres… que acreditam em Papai Noel, só pode

O nome da empresa que promete isso é Santo Cosméticos. E o que ela promete? Um gel que gera 15 MINUTOS DE ORGASMOS! Isso mesmo quin-ze mi-nu-tos! Em termos práticos, bastam seis aplicações pra poder ver o jogo em paz: “Pegue seu potinho, vá pro quarto e feche a porta! Eu vou em seguida, logo após o apito final!”.

Segundo a @Nerdeliciouss, que entende mais de orgasmos feminininos que qualquer homem, isso cheira a maracutaia: “se com um orgasmo de segundos a mulher já fica meio abobada, com um de 15 minutos ela tem uma descarga elétrica cerebral que pode lesa-la!”

O produto é chamado de Gel Orgasm (que criativo!) e é produzido com “matérias-primas nobres” – extratos naturais vindos de projetos de sustentabilidade direcionados à “linha verde”. Assim, é compatível com o pH da mulher e facilmente retirado com água. Em suma: É UM PRODUTO ECOLÓGICO! Existem prolongadores de prazer na vida real, mas todos são bioquímicos. Os “naturais” são vendidos no HortiFruti e duvido muito que proporcionem prazer maior que um jereboão real.

De acordo com o fabricante, para que a sensação seja bem aproveitada, “é necessário aplicar o gel na região íntima (HERRP DERRP – NÃO DIGA!) da vulva e grandes lábios através de movimentos suaves”. São necessários cerca de 20 segundos para o início das sensações de prazer.

Quem testar, conta pra gente… se sobreviver, claro. O produto é comercializado pela Santo Cosméticos.



Quem é Sergio Martorelli

veja todos os seus posts

Sergio Martorelli é um autor convidado e este texto não representa a opinião do Bobolhando. Somos um site aberto às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob uma licença Creative Commons e você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e ao nosso humilde blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.