Esses são os Power Rangers que eu queria!

Desde a sua/minha infância surgiram trocentas versões dos Power Rangers na tela da TV no meio deste povo. Tanto que no final do ano passado, a versão Super Megaforce convocou todos (eu disse TODOS) os Power Rangers que já existiram. Fiquei pasmo como eles ainda guardaram todos esses figurinos até hoje. Até o David Jason Frank apareceu.

Se você não viu ainda, clique aqui e veja agora (em uma versão dublada).

Mas este ano surgiu uma nova versão.

E não é um reboot. É um “deboot”.

Acho que chamaram assim pois essa versão tem mortes, assassinatos, decepções intrigas e um final sensacionalmente revelador. Foi tão polêmico que, a sua versão upada no Vimeo foi até excluída.

Produzido por Joseph Kahn essa, com certeza, é a versão dos Power Rangers que eu queria ver desde de pequeno, mas acho que estou vendo na idade certa. Bom, dê o play.

UPDATE: Após a Saban (dona da marca e retentora dos direitos dos Power Rangers) ter retirado o vídeo do Vimeo e do Youtube, o mesmo retornou com algumas modificações, atendendo à pedidos da própria Saban, que tornou o vídeo um “não oficial”, mas autorizado. Explico: A Saban exigiu que se colocasse um aviso informando que o vídeo era uma obra independente, sem ligação do produtor com a empresa e que ela não seria monetizada. Enfim, abaixo você vê a versão sem cortes do vídeo, que está no Vimeo:


Quem é Rogério Lima

veja todos os seus posts

Ex-pagodeiro, Empresário, Gamer, Capixaba e criador desse e de outros ~trocentos~ blogs. Está nessa vida desde 2003, mas não ficou nem rico e nem famoso. Gosta muito de receber brindes, mas é sempre esquecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*